JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Depressão: conheça 3 tratamentos com menos efeitos colaterais

Depressão: conheça 3 tratamentos com menos efeitos colaterais
5 (100%) 8 votos

Considerada a doença do século, a depressão afeta cada vez mais pessoas no mundo todo. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), atualmente são 121 milhões de pessoas no mundo acometidas pela doença e, até 2030, ela poderá ser considerada o maior mal do planeta, passando a frente de doenças como o câncer e outras patologias infecciosas.

Tratamentos para a depressão

Ao realizar o diagnóstico de depressão, a aplicação de medicamentos é o tratamento mais indicado pelos médicos para iniciar o processo de cura. Porém, atualmente existem alguns métodos que podem auxiliar no processo de cura de depressão e que trazem menos efeitos colaterais do que os remédios. Neste texto você poderá saber sobre cada um desses tratamentos para depressão. Confira!

Remissão dos sintomas

Segundo especialistas, a depressão é uma doença onde os sintomas são seus grandes vilões. Irritabilidade, falta ou excesso de apetite, tristeza profunda sem motivo e constante, falta de energia e de prazer para realizar as atividades e dores pelo corpo são alguns dos sintomas que quem sofre desse mal apresenta. Por ser uma doença difícil de ser 100% curada, os médicos apostam na remissão de seus sintomas, ou seja, tratamentos que busquem anular os sintomas da doença.

Psiquiatras revelam que há um grande número de casos de pacientes que abandonam o tratamento no meio do caminho. Normalmente, quando o tratamento é feito com remédio, as pessoas tendem a se sentir melhores nas primeiras semanas e, assim, cessam a medicação por conta própria. Porém, quando isso acontece, a doença pode voltar e as crises podem se tornar mais fortes. Portanto, a indicação dos médicos é trabalhar com a psicoterapia aliada à prática de exercícios físicos e, somente quando necessária, a introdução de remédios, visando sanar os sintomas.

LEIA:  Como a hipnose ajuda a tratar a síndrome de borderline?

Estimulação por Pulso Ultra Breve

Os pacientes que sofrem de depressão mais severa comumente podem fazer uso da eletroconvulsoterapia (ECT), conhecida também por terapia de choque. Esse procedimento consiste na aplicação de uma corrente elétrica através de eletrodos colocados no couro cabeludo. A técnica de pulso breve, aplicada nos dois lados do cérebro, é uma das menos abusivas no segmento das ECTs, mas, ainda assim, traz efeitos colaterais desagradáveis, como a perda da memória recente e problemas de cognição que podem aparecer logo após a sessão.

A técnica de Pulso Ultra breve é uma evolução da citada acima, sendo aplicada apenas no lado direito do cérebro e com pulsações de períodos ainda mais curtos, em um tempo parecido com as ondas fisiológicas do organismo humano. Essa inovação no segmento da ECT já apresentou menor perda de memória e diminuição dos problemas de cognição dos pacientes que passaram pelo tratamento.

Hipnose

A hipnose é uma técnica milenar que consiste na indução a um estado psicológico, onde é possível realizar alterações da consciência e, consequentemente, diminuir a dor, o estresse e também a depressão. O procedimento deve ser realizado por um profissional adequado e pode trazer inúmeros benefícios para quem sofre da doença.

Estudos realizados por psiquiatras e neurologistas apontaram, através de tomografias, que o cérebro pode sofrer alterações de comando quando hipnotizado. Pode ocorrer, também, o aumento da produção de substâncias como a serotonina, responsável pela sensação de prazer e bem-estar, em falta no cérebro de pessoas que sofrem com a depressão.

Os tratamentos para depressão passam por um rápido processo de evolução e, hoje, já é possível encontrar alternativas que trazem menos efeitos colaterais e apresentam bons resultados. Apesar de complexa, a depressão é uma doença que deve ser levada a sério e tratada com cuidados especiais, da melhor maneira possível, para que o paciente não sinta tanto os reflexos negativos do tratamento.

LEIA:  Conheça o maior curso de hipnose do mundo dos últimos 20 anos

Quer aprender mais sobre esse e outros temas relacionados a saúde e bem-estar? Assine nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

PRÓXIMOS

dezembro 2018

01dez9:00 am02(dez 2)8:00 pmHipnose Clínica & Regressãoem São Paulo9:00 am - 8:00 pm (2) Professor:Guilherme Alves

07dez(dez 7)9:00 am09(dez 9)6:00 pmMasterClass com Alberto Dell'Isolaem Porto Alegre9:00 am - 6:00 pm (9)

08dez(dez 8)9:00 am09(dez 9)8:00 pmHipnose Clínica & Regressãono Rio de Janeiro9:00 am - 8:00 pm (9) Professor:Guilherme Alves

15dez(dez 15)9:00 am16(dez 16)8:00 pmHipnose Clínica & Regressãoem Brasília9:00 am - 8:00 pm (16) Professor:Guilherme Alves

últimos

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

ENTRE PARA NOSSA LISTA

e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Feito com por Let’sRocket

>

Pin It on Pinterest

X