O número de pessoas nos consultórios psicológicos vêm aumentando a cada dia. Isso acontece devido às dificuldades, traumas e medos, que podem estar associado a transtornos de personalidade e síndromes como borderline. Consequentemente, as pessoas procuram maneiras para lidar com situações de desequilíbrio emocional.

Assim, uma terapia alternativa como a hipnose ajuda a tratar síndrome de borderline, com resultados positivos e benefícios para os pacientes.

Quer ficar por dentro do assunto? Então, continue a leitura, conheça a hipnose e veja como utilizar essa técnica em seus tratamentos psicológicos!

O que é hipnose?

Considerada um dos principais ramos da psicanálise, a hipnose é uma técnica usada para tratar problemas psicológicos por meio da modificação de consciência do paciente.

Assim, a hipnose leva à indução ou auto-indução, estado de relaxamento, concentração e direcionamento dos pensamentos, proporcionando melhora nas questões emocionais do paciente.

A terapia com hipnose, ou hipnoterapia, é indicada no tratamento complementar em situações como:

Entre outros problemas emocionais e de transtorno de personalidade, a hipnose ajuda a tratar síndrome de borderline.

O que é síndrome de borderline?

Essa síndrome, também conhecida como transtorno de personalidade borderline (TPB), é um estado de saúde mental em que a pessoa tem comportamento instável e impulsivo.

Suas principais características são mudanças de humor e atitudes agressivas, tanto com outras pessoas quanto para o próprio paciente. Outros sintomas comuns incluem:

  • irritação, angústia e fobia;
  • medo de ser rejeitado por amigos e familiares;
  • atitude insensata e impulsiva;
  • desvalorização da autoimagem;
  • isolamento e desmotivação;
  • pensamento negativo;
  • automutilação e suicídio.

A causa para o transtorno de personalidade bordeline ainda não é conhecida. Princípios como a genética, família e vida social podem estar associados à condição.

LEIA MAIS:  Saiba como ocorre a hipnoterapia infantil

Por isso, é importante ter o acompanhamento de um psicólogo e/ou psiquiatra. Você poderá avaliar as experiências relatadas pelo paciente e a intensidade dos sintomas, possibilitando um diagnóstico preciso e o tratamento mais adequado.

No entanto, a hipnoterapia pode ajudar muito os pacientes com a síndrome de borderline. A seguir, veja como!

Como a hipnose ajuda a tratar síndrome de borderline?

A terapia com hipnose tem alcançado resultados positivos em tratamentos emocionais, incluindo o transtorno de personalidade borderline. Isso acontece por se tratar de um método mais eficiente e rápido, quando comparado às terapias convencionais.

Afinal, a hipnoterapia atua no inconsciente e ajuda a restabelecer o equilíbrio e a controlar as emoções do paciente, proporcionado maneiras de enfrentar as dificuldades e conflitos. Com isso, a técnica possibilita o usufruto de mudanças positivas no comportamento do paciente através da promoção do autoconhecimento.

Vale ressaltar que o método da hipnose deverá ser realizado somente por profissionais com qualificação para essa técnica, o que permitirá que o paciente possa obter um tratamento adequado e de sucesso.

E então, gostou de entender como a hipnose ajuda a tratar síndrome de borderline? Agora, confira também nosso post sobre as 4 vantagens que os tratamentos de hipnose podem trazer para sua clínica de psicologia e se torne um especialista no assunto!

Como a hipnose ajuda a tratar a síndrome de borderline?
5 (100%) 5 votes