7 Sintomas de Depressão que você não deve ignorar

7 Sintomas de Depressão que você não deve ignorar
Avalie este artigo

Nunca antes se ouviu falar tanto sobre a depressão. Considerada o mal do século, ela já atinge 350 milhões de pessoas em todo o mundo – de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) – o que fez com que o assunto fosse escolhido para a campanha do Dia Mundial da Saúde de 2017.

Tristeza, cansaço e pessimismo são alguns dos sintomas associados à depressão, no entanto, nem sempre esse distúrbio se mostra de forma óbvia. Com sintomas que se confundem com questões emocionais do dia a dia, a depressão é um mal silencioso e que age progressivamente sobre o indivíduo, dificultando a busca por ajuda profissional.

Neste artigo, listei os sete principais sintomas de depressão que, se presentes com intensidade e frequência, são um alerta para que você busque ajuda para superar este problema.

1. Tristeza profunda e constante

  • Facebook
  • LinkedIn
  • Gmail
  • Evernote

 

A tristeza é um dos principais sintomas de depressão, mas também um dos mais difíceis de identificar, afinal, a tristeza é um sentimento comum e que surge em alguns momentos da nossa vida.

No entanto, quando esse sentimento é profundo, sem motivo aparente e nunca passa, é um forte de sinal de depressão. Essa tristeza costuma vir acompanhada de crises frequentes de choro, melancolia e incapacidade de sentir e demonstrar alegria ou felicidade.

2. Falta de energia e cansaço

É comum pessoas que apresentam depressão se queixarem constantemente de cansaço e falta de energia até mesmo para realizar tarefas simples do dia a dia.

O indivíduo perde a vontade de sair de casa para trabalhar, fazer esportes ou se encontrar com os amigos, entrando em um ciclo de improdutividade que afeta sua vida profissional, pessoal e social. Esse sintoma pode ser tão forte a ponto de a pessoa não conseguir mais sair da cama.

3. Alterações no humor: ansiedade, agitação e irritabilidade

As alterações no humor, muitas vezes associadas erroneamente à personalidade da pessoa, também podem ser sintomas de depressão.

É comum os deprimidos manifestarem irritação exagerada, nervosismo, raiva e dificuldade de relaxar. Além disso, há também um excesso de ansiedade que causa inquietação, insegurança e pode evoluir para quadros de medo e fobia.

4. Apatia e desinteresse por atividades e hobbies

Apatia na depressão
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Gmail
  • Evernote

Outro sinal de depressão é a manifestação de apatia e desinteresse por atividades que antes eram prazerosas. E essas atividades podem ser as mais variadas, como passear com os cachorros, praticar um esporte, cozinhar para os amigos, ou frequentar um determinado local.

Esse é um dos sintomas mais reveladores da depressão e faz com que a pessoa depressiva vá se isolando do mundo lentamente, recusando convites e qualquer outro motivo para sair de casa.

5. Distúrbios do sono como sintomas de depressão

Pessoas deprimidas tendem a desenvolver problemas relacionados ao sono, como a insônia ou o hábito de dormir demais. Seja a falta ou o excesso de sono, ambos são prejudiciais, pois interrompem a rotina do sono e a pessoa nunca se sente descansada o suficiente.

Além disso, as noites mal dormidas agravam outros sintomas de depressão, como falta de energia e apatia, por exemplo.

6. Mudanças nos hábitos alimentares e peso

A depressão também se manifesta através de transtornos alimentares como a total perda de apetite ou a compulsão alimentar, que podem levar a perda ou o ganho de peso significativo.

Além disso, algumas pessoas podem apresentar uma tendência a consumir bebidas alcóolicas.

7. Dificuldade de concentração e perda de memória

  • Facebook
  • LinkedIn
  • Gmail
  • Evernote

É comum pessoas com depressão apresentarem dificuldade de concentração, ficando dispersas, desatentas e pouco objetivas. Isso prejudica a capacidade de raciocínio e tomada de decisões fazendo com que o indivíduo perca o rendimento no trabalho ou nos estudos.

Além disso, deprimidos apresentam esquecimentos, lapsos, atos falhos, atrasos, faltas em compromissos e sensação de confusão mental com muita frequência.

Como pudemos observar, os sintomas de depressão são subjetivos, o que nem sempre torna óbvia a constatação do problema. No entanto, se você sente esses sintomas de forma intensa e persistente, não hesite em procurar ajuda.

Existem várias formas de tratar a depressão, seja com medicamento ou de formas mais brandas – mas não menos efetivas – como a terapia ou a hipnose clínica.

Você já sentiu algum desses sintomas de depressão? Procurou ajuda para tratar o problema? Compartilhe sua experiência nos comentários.

 

Hey,
o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

PRÓXIMOS EVENTOS

janeiro

19jan(jan 19)9:00 am20(jan 20)8:00 pmHipnose Clínica & Regressãoem São Paulo9:00 am - 8:00 pm (20) São Paulo

fevereiro

01fev9:00 am03(fev 3)6:00 pmHipnose Não Verbal com Giancarlo Russoem São Paulo9:00 am - 6:00 pm (3) São Paulo

02fev9:00 am8:00 pmCurso INVADINDO MENTESem São Paulo9:00 am - 8:00 pm São Paulo

08fev(fev 8)9:00 am10(fev 10)6:00 pmHipnose Não Verbal com Giancarlo Russoem Porto Alegre9:00 am - 6:00 pm (10) Porto Alegre

Últimos Artigos

Pin It on Pinterest

X