Se você falou com alguém por mais de 10 minutos hoje, as chances são grandes de que você mentiu sobre alguma coisa. Se essa pessoa for sua mãe, as suas chances de mentir aumentam dramaticamente.

De pequenas fibes a enormes contos de decepção de Hollywood, a mentira é uma parte enorme de nossas vidas. Esta infografia do Full Tilt Poker examina exatamente como mentimos – e como nos sentimos sobre isso depois.

Por exemplo, no último mês, 15% das pessoas admitiram que mentem no local de trabalho. Destes, 59% não se sentiram culpados por isso (“A impressora estragou? Não tive nada a ver com isso”). A expectativa cultural de mentir varia dependendo do seu trabalho, também: 94% das pessoas esperam que os políticos mintam no seu trabalho, em oposição a 27% para os médicos.

Quando mentimos, estimulamos três partes principais do nosso cérebro. A mentira ativa o lobo frontal por seu papel no processo de supressão da verdade, o sistema límbico devido à ansiedade que vem com o engano e ao lobo temporal porque é responsável por recuperar memórias e criar imagens mentais. É como uma equipe sofisticada trabalhando dentro de sua cabeça. Muito reconfortante, não?

Dê uma olhada nesse infográfico para ver mais fatos e números sobre mentir no trabalho, na escola e na mesa de poker, todos tirados de revistas e pesquisas de psicologia. Embora nunca possamos parar de mentir, a maneira como estamos fazendo isso certamente está mudando.

 

 

Compartilhe este infográfico no seu site

 

LEIA MAIS:  Ejaculação precoce: quais os melhores tratamentos?
[Infográfico] O que acontece quando você diz uma mentira?
5 (100%) 3 votes