Curso de PNL: Saiba 5 Dicas Para Escolher o Melhor Para Você

Os cursos de PNL (Programação Neurolinguística) vêm sendo cada vez mais procurados por profissionais de diversas áreas de atuação, como negócios, vendas, psicoterapia, hipnoterapia, aconselhamento, educação e música, por exemplo. É possível encontrar uma enorme variedade desses cursos, desde os mais básicos e de introdução até os mais especializados, com aplicações específicas de PNL.

Como a variedade dos cursos de PNL é grande, é comum se sentir um pouco confuso na hora de optar por um curso. Por isso, confira agora 5 dicas para escolher o curso de PNL ideal para você!

1. Defina seu objetivo com o curso de PNL

hipnose clinica

A primeira coisa que deve ser levada em consideração para não errar na hora de escolher um curso de PNL é o seu objetivo. O que você pretende fazer com os ensinamentos adquiridos? Faça essa pergunta a si mesmo e responda com a maior quantidade de detalhes e sinceridade que conseguir.

Afinal, a PNL pode ser usada consigo mesmo para melhorar a autoconfiança, para alavancar a carreira profissional, para melhorar o convívio social e ainda para ensinar ou ajudar outras pessoas a partir das técnicas aprendidas.

Inclusive, muitos dos cursos de PNL são direcionados para segmentos bem específicos: atletas contam com as técnicas de PNL para melhorarem seu rendimento esportivo, educadores para darem um ensino de maior qualidade aos seus alunos, vendedores para melhorarem suas vendas e psicólogos aliam a metodologia da PNL a outros conceitos no tratamento de seus pacientes.

2. Considere o seu tempo disponível para realizar o curso

A duração de um curso de PNL pode variar bastante de acordo com o nível desejado. Um curso de introdução, por exemplo, pode ser realizado em até dois dias, enquanto que cursos mais avançados, com especializações voltadas para áreas específicas e treinamentos da aplicação de PNL são mais longos.

A primeira formação denomina-se “practitioner” e leva cerca de 150 horas divididas em vinte dias ou mais de treinamento. Logo depois há os cursos de “master practitioner” (nível avançado) e “trainer” (instrutores) que são mais avançados e também exigem um investimento maior de tempo. Enquanto isso, os cursos que ensinam a aplicação da PNL em áreas mais específicas costumam ter uma duração menor.

Por isso, é importante que depois de definido o seu objetivo com a PNL, seja avaliado o tempo disponível para dedicar-se ao aprendizado. Busque saber se o curso tem cargas horárias flexíveis e se está organizado em etapas de forma que se adeque melhor a sua rotina.

3. Procure por um curso ministrado em local de fácil acesso

Muitos desses cursos de PNL são ministrados presencialmente em diversos locais. Prefira realizar o curso em um local que seja de fácil acesso, assim você não ficará desanimado (a) com o trajeto ou com a distância.

Faça pesquisas em instituições que oferecem o curso de PNL, veja onde os cursos são ministrados, quando são ministrados e se o trajeto não é muito complicado para você.

4. Considere o quanto pode investir no curso

5 dicas imperdíveis de marketing pessoal para psicólogos

O investimento necessário para a realização do curso pode variar muito de acordo com o nível de formação desejado. Os cursos de PNL voltados para áreas específicas costumam sair mais em conta do que os cursos de practitioner e master, que geralmente pedem um maior investimento.

Por isso, pesquise nas instituições o investimento necessário para adquirir a formação que deseja, busque se informar das formas de pagamento e leve em consideração também os custos com viagens caso seja preciso viajar para realizar o curso.

5. Pesquise sobre a instituição e os instrutores

logo-hipnose-institute

A instituição e o seu membro docente são partes muito importantes a serem consideradas na hora de escolher um curso de PNL. Algumas instituições contam com instrutores conhecidos internacionalmente, com uma grande experiência a compartilhar.

Por isso, busque conhecer a instituição e o seu membro docente, pesquise sobre os instrutores e suas experiências, a forma como ministram o curso e se o estilo como ensinam lhe agrada.

Então, pensando em realizar um curso de PNL? Já decidiu qual seu objetivo com a Programação Neurolinguística? Deixe o seu comentário!