Quais os sintomas da depressão e que atitudes tomar para vencê-la?4 min read

JUNTE-SE A MAIS DE 56.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Quais os sintomas da depressão e que atitudes tomar para vencê-la?4 min read
4.8 (96.36%) 11 voto[s]

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país latino-americano que apresenta as maiores taxas de depressão: cerca de 5,8% da população, o que, em números absolutos, representa 11,5 milhões de brasileiros sofrendo com essa doença.Além disso, o estudo observou que a incidência da depressão tem crescido em todo o mundo. De 2005 a 2015, o aumento foi de mais de 18%. Esse crescimento a fez ser considerada como a “doença do século”.

Continue a leitura e conheça os principais sintomas da depressão e as atitudes que podem ajudar a lidar com esse quadro.

O que é a depressão

A depressão é um transtorno psicológico que ocasiona desequilíbrios químicos nos chamados neurotransmissores — substâncias responsáveis por transportar, pela rede de neurônios, informações como as sensações de prazer, fome e bem-estar.

A depressão, por sua vez, afeta neurotransmissores como serotonina, dopamina, noradrenalina e melatonina, interferindo na forma como o corpo entende essas sensações.

Reconhecer a depressão é um dos principais obstáculos para diagnosticar e tratar a doença.

Por isso, é importante ficar atento aos sintomas da depressão, tanto físicos quanto psicológicos, para que o tratamento seja iniciado o quanto antes, seja com ajuda médica, seja com atitudes e terapias que possam ajudar o indivíduo a superá-la.

Sintomas da depressão

 

1. Tristeza profunda e contínua

Diferente de uma tristeza comum, a tristeza da depressão não é passageira. O deprimido começa a sentir, de repente, que tudo o que acontece em sua vida é desinteressante, triste, vazio e totalmente sem sentido. Essa sensação também pode ser conhecida como baixo-astral ou melancolia.

2. Choros constantes ou apatia severa

Durante o quadro de depressão, algumas pessoas apresentam episódios de choros frequentes sem motivo especial ou aparente. Porém, em outros casos, dependendo da sua personalidade e níveis hormonais, desenvolvem uma apatia severa em frente aos acontecimentos diários, não esboçando nenhum sentimento ou emoção.

3. Sonolência ou problemas para dormir

A depressão causa um rompimento na rotina do sono do indivíduo. Portanto, a pessoa não se sente descansada o suficiente, o que acaba gerando ou a sonolência exacerbada ou os problemas com a insônia.

4. Falta de apetite ou compulsão alimentar

Algumas pessoas, ao desenvolverem a depressão, perdem totalmente o interesse pela comida. Em outros casos, o contrário acontece: a pessoa passa a comer exageradamente, desenvolvendo uma compulsão alimentar.

Tratamentos para a depressão

O tratamento do transtorno deve ser iniciado o quanto antes, por isso, é fundamental observar os sintomas da depressão para que o diagnóstico aconteça o mais breve possível.

1. Tratamento médico

Por se tratar de uma doença, é muito importante que o indivíduo busque auxílio médico para reduzir os sintomas desencadeados pelo transtorno por meio de medicação correta. Nesse caso, o médico psiquiatra é o mais indicado.

2. Tratamento psicológico

Tratamentos psicológicos e terapêuticos devem acontecer com a atenção médica, pois ajudam a tratar as causas que desencadeiam a depressão, e não somente os sintomas.

Junto com um profissional qualificado, poderão ser adotadas terapias que auxiliem o indivíduo no autoconhecimento e, com isso, na luta contra a depressão.

3. Tratamento hipnótico 

Dentre as terapias, a hipnose se apresenta como uma excelente opção de tratamento da depressão, além de favorecer uma recuperação rápida, minimizando o uso de medicamentos.

Por meio do processo da hipnose, o paciente consegue adentrar em seu inconsciente, podendo encontrar as respostas para as suas questões, bem como bloqueios e traumas que o impedem de alcançar a estabilidade emocional.

Entre os principais benefícios da técnica estão:

  • identificação das causas da depressão;
  • desbloqueio de lembranças;
  • autoconhecimento;
  • redução do estresse.

A partir desse autoconhecimento adquirido, a recuperação da depressão pode acontecer mais rápido, Além disso, os casos de reincidência são menos recorrentes, já que a pessoa passa a se conhecer melhor e aprender a lidar com suas emoções.

A depressão é uma doença silenciosa. Portanto, é imprescindível estar sempre de olho nos sintomas para que o diagnóstico seja feito precocemente e as chances de cura, potencializadas, tanto com auxílio médico quanto com terapias.

Gostou de conhecer os sintomas da depressão e quer saber ainda mais sobre como a hipnose pode ajudar no tratamento dessa e de outras doenças? Então, assine a newsletter e não perca os nossos conteúdos!

Hey,
o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Pin It on Pinterest

JUNTE-SE A MAIS DE 56.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

chevron-down
X