JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Hipnose no Cinema: 5 filmes sobre Hipnose para você estudar e se divertir

erik-witsoe-647316-unsplash
Hipnose no Cinema: 5 filmes sobre Hipnose para você estudar e se divertir
Avalie este artigo

Existem muitos filmes que retratam a hipnose em seus enredos. Eles podem demonstrar o processo hipnótico de forma equivocada e soar um pouco insultante para hipnólogos. O que não nos impede de aprender algo com eles!

Para iniciar uma conversação, o hipnólogo tenta descobrir quais os impedimentos que a mente da pessoa irá criar para não ser hipnotizada. Esses filmes te mostrarão a única coisa que pode impedir um hipnólogo de realizar a hipnose com sucesso. O próprio sujeito.

 

Alguns filmes, como o “A Origem”, estabelecem uma relação muito honesta a respeito de como a nossa mente funciona. O “Mesmer – O Feiticeiro”, reproduz uma espécie de mergulho na História da Hipnose. Servindo assim como uma grande fonte de aprendizado e potencial para que hipnólogos consigam entender um pouco mais desse assunto tão curioso. Vamos lá?

Conteúdo

Em transe (2013)

Esse filme é a certeza de que você assistirá algo contemporâneo que não foge por completo da retratação de hipnose. Por ser uma obra cinematográfica, existem exageros ou reafirmação de mitos sobre o que é o hipnótico. Ainda é um ótimo filme. E fica a oportunidade de entender o papel da personalidade do sujeito no processo de transe.

 

LEIA:  Sexologia: O que é? Como um Sexólogo pode te ajudar?

Sinopse:

 

Na história, Simon (James McAvoy) trabalha como leiloeiro e seus lances mais altos costumam ser fora dali, no mundo da jogatina. Com a corda no pescoço por não ter cacife para bancar seu vício, ele tenta algumas alternativas para se livrar do mal. Foi um gatuno endinheirado (Vincent Cassel) que limpou sua barra. Esse mesmo “financiador”, porém, dá uma forte pancada na cabeça dele após uma tentativa de roubo provocando amnésia. Começa uma pressão para ele revelar o paradeiro da obra de arte desaparecida. É quando surge a ideia de recorrer aos serviços da Dra. Elizabeth (Rosario Dawson), uma experiente hipnoterapeuta, capaz de virar a cabeça de todos.

Produzido e dirigido por Danny Boyle, Oscar com (o ótimo) Quem Quer Ser Um Milionário? Em Transe foi escrito por John Hodge, parceiro do cineasta desde os tempos de Cova Rasa (1994) e Trainspotting (1996), e por Joe Ahearne, profissional com experiência no mercado televisivo. O que explica as acelerações na trama, que aproveita o universo do protagonista para fazer pequenas inserções de baluartes das artes plásticas (Rembrandt e Goya). Mistura-as com um retrato sem floreios do desejo, traição, amor e ambição dos meros mortais.

Veja o vídeo em que o Diretor fala sobre seu processo de estudo sobre a Hipnose.

“Eu acho que tudo o que se pode dizer sobre a identidade é que é um instinto, de certa forma. Você tenta construir ela através de memórias e de alguma forma controlar isso, mas nunca totalmente…”

Em transe: Danny Boyle fala sobre a Hipnoterapia

Divertida Mente (2015)

O filme perfeito pra você estudar psicologia, mente e hipnose e agradar a família! Há muito de psicologia em Divertida Mente. Há vários conceitos adaptados nesta grande alegoria emocional. Como o porquê de se esquecer fatos antigos de sua vida, o quê define sua personalidade, questões do inconsciente, a formação dos sonhos e depressão. Esse filme pode ser um enorme aparato para você, hipnólgo. Pode te ajudar a formular suas próprias teorias e metáforas a respeito dos sentimentos e processos da mente. Não subestime o poder dessa animação!

 

Sinopse:

 

O foco principal dado pelo desenho é o papel do sistema límbico na regulação das experiências vivenciadas pelo indivíduo. O sistema límbico é a parte do cérebro responsável pelas emoções e comportamento social. Como a regulação e inteligência emocional, além de auxiliar no desenvolvimento cognitivo e no armazenamento das memórias. Divertida Mente é repleto de simbolismos e oferece bastante profundidade adaptando alguns processos para crianças.

 

A história gira em torno da mente de uma garota, Riley. As grandes protagonistas são as cinco emoções responsáveis por conduzir sua vida: Alegria, Tristeza, Raiva, Medo e Nojinho. Cada emoção possui cor e temperamentos próprios. Elas são infantilizadas para facilitar a compreensão do público menor, e apresentam uma profundidade impressionante.

 

O que mais impressiona no longa-metragem é o brilhantismo do roteiro, escrito por Pete Docter, Meg LeFauve e Josh Cooley. Mesmo com as cinco emoções tendo momentos de brilho, o foco central fica na dupla Alegria e Tristeza. As personagens são dubladas por Amy Poehler e Phyllis Smith, respectivamente. Inicialmente antagônicas, se unem quando são acidentalmente expelidas da sala de controle da Riley e buscam retornar ao local. A vida de Riley entra em parafuso com as três emoções restantes não conseguindo manter a normalidade. Alegria e Tristeza percorrem toda a estrutura do cérebro humano, revelando analogias impressionantes com a vida real.

 

LEIA:  Ejaculação Precoce: o que é, quais os sintomas e como se livrar dela

O pessoal do Minutos Psíquicos, canal do Youtube que já ilustrou um roteiro do CEO do Hipnose Institute Erick Heslan sobre Hipnose, fez um vídeo muito bom sobre o filme a ciência por trás do filme Divertida Mente, confira: Aqui

Hipnose (2002)

 

Eis que surge o primeiro filme de terror da lista! Esse é o filme que vai falar sobre hipnose de uma forma bem lúdica e mentirosa… Para aproveitá-lo melhor quanto profissional, tente conduzir um olhar para a movimentação do Dr. Michael, o hipnoterapeuta, e prestar atenção na sua condução do protocolo para parar de fumar.

 

Sinopse:

 

Doctor Sleep, também conhecido como Close Your Eyes (EUA), e Hypnotic (ING), é um filme de terror dirigido por Nick Willing. Ele conta a saga de um hipnoterapeuta, Dr. Michael (Goran Visnjic) que, ao tratar de uma policial viciada em fumar, tem uma visão telepática de uma jovem flutuando sob a superfície de um riacho. Descobre-se que a vítima escapou de um serial killer ritualístico, que se tornou muda com o trauma. Michael é chamado pela Scotland Yard por possuir um dom que pode ser a chave para desvendar uma série de crimes para a captura de um homem. A suposta alegação é do homem de ter encontrado a chave para a imortalidade. Foi nomeado no Cinénygma, Festival Internacional de Cinema de Luxemburgo, e no Fantasporto International Fantasy Film Awards, em 2003, e ganhou três categorias no Festival de Cinema de Paris e no Festival de Cinema Fantástico da Suécia.

 

Confira o Trailer:

A Origem (2010)

Talvez o melhor filme dessa lista, A Origem oferece uma nova perspectiva sobre a formação de ideias e desejos dentro de cada um de nós. É difícil não pensar em Freud ao ver um filme como esse. Os protagonistas têm acesso ao subconsciente e defesas das outras pessoas. Um dos motivos pelos quais o Neurocientista e Pós Doutor Sidarta Ribeiro produziu um artigo para a revista VEJA sobre esse filme, em A Ciência por trás do filme A Origem ele fala que “A Origem é um condensação vertiginosa de cem anos de psicanálise, neurobiologia, filosofia e cinema”

 

Para implantar a ideia na mente de uma pessoa, o espião precisa alcançar os níveis mais profundos do subconsciente dela. O que faz essa uma obra de peso na nossa lista. Não é isso que o hipnólogo faz? Ao assistir A Origem, um espectador atento consegue identificar e criar co-relações muito importantes entre hipnose outras áreas. Podemos ver até um protótipo de Templo do Sono presente no enredo! Se você prestar atenção consegue entender melhor o priming, processo pelo qual experiências recentes criam padrões de comportamento, funcionamento das defesas do subconsciente ou o funcionamento do nosso sistema de equilíbrio.

 

LEIA:  Mindfulness, Meditação e Auto-hipnose: Um guia rápido sobre suas diferenças

Sinopse:

 

Em um mundo criado por Christopher Nolan, onde é possível entrar na mente humana, Cobb (Leonardo DiCaprio) está entre os melhores na arte de roubar segredos valiosos do inconsciente das pessoas durante seus estados de sono. Por estar impedido de retornar aos Estados Unidos devido à morte de Mal (Marion Cotillard), sua esposa, ele é um fugitivo. Desesperado para rever seus filhos, Cobb aceita a ousada missão proposta um empresário japonês chamado Saito. Ele deve entrar na mente de Richard Fischer (Cillian Murphy), o herdeiro de um império econômico, e plantar a ideia de destruir suas próprias empresas.

 

Confira o trailer dessa obra do cinema: https://www.youtube.com/watch?v=TxiZoP9LTUU

Mesmer – Magnetismo Selvagem (1994)

 

Esse filme sobre o precursor da hipnose ainda é desconhecido por muitas pessoas do meio. Baseado na vida do Dr. Franz Anton Mesmer, criador do mesmerismo, o filme explica um pouco da doutrina que defende a existência de um fluido universal magnético para a manutenção ou restabelecimento da saúde humana. Essa teoria aplicada por Mesmer foi depois aprimorada pelo médico James Braid, responsável pelo cunho da palavra Hipnose.

 

Confira aqui a História Completa da Hipnose e entenda mais sobre como isso aconteceu.

 

Por motivos óbvios, é uma boa oportunidade para aqueles que apreciam a história da hipnose como ciência ou ainda não sabem de onde as técnicas da hipnose surgiram e como foram utilizadas em tempos passados.

 

Sinopse:

 

O roteiro mostra com detalhes a célebre cura que marcou a história de Mesmer, (Alan Rickman). Uma intervenção realizada com Mesmerismo em uma jovem pianista Maria Theresa Paradies (Amanda Ooms) que pertencia à alta sociedade austríaca e era portadora de cegueira histérica desde os 3 anos, concentrando o enredo no romance entre ambos.Também são abordadas com detalhes no decorrer do filme, as inovadoras técnicas de tratamento difundidas por Mesmer e as perseguições sofridas por ele em face de sua conduta profissional revolucionária.

 

É difícil perceber até que ponto o filme retrata a realidade ou dramatiza a história se o espectador não conhecer a vida e obra do verdadeiro Mesmer. O filme consegue retratar bem a dificuldade que teve em estabelecer sua teoria e práticas, fato que por si só já tem seu apelo emocional e problemático no tocante das pontos de vista diversos que causa. Essa sensação vale o filme para leigos e cientistas, que sentiram uma dificuldade de ficar indiferentes quanto à Mesmer e seus feitos.

 

É importante estudar um assunto se inteirando de todas as formas com que ele é retratado pelas artes. É possível ter uma noção completa de como esse assunto é visto de uma forma geral. Prever novas tendências e estar a frente quando descobertas acontecerem. Assistir filmes, ler livros, ver séries e buscar notícias sobre hipnose é uma dica essencial pra todo mundo que busca aprimorar seus conhecimentos.

 

Você já assistiu algum desses filmes na nossa lista? Conseguiu ver a associação com hipnose em todos eles? Deixa aí embaixo sua opinião!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

PRÓXIMOS

dezembro 2018

01dez9:00 am02(dez 2)8:00 pmHipnose Clínica & Regressãoem São Paulo9:00 am - 8:00 pm (2) Professor:Guilherme Alves

07dez(dez 7)9:00 am09(dez 9)6:00 pmMasterClass com Alberto Dell'Isolaem Porto Alegre9:00 am - 6:00 pm (9)

08dez(dez 8)9:00 am09(dez 9)8:00 pmHipnose Clínica & Regressãono Rio de Janeiro9:00 am - 8:00 pm (9) Professor:Guilherme Alves

15dez(dez 15)9:00 am16(dez 16)8:00 pmHipnose Clínica & Regressãoem Brasília9:00 am - 8:00 pm (16) Professor:Guilherme Alves

últimos

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

ENTRE PARA NOSSA LISTA

e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Feito com por Let’sRocket

>

Pin It on Pinterest

X