JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O que é Anamnese? [BÔNUS] 04 Dicas para aplica-la com segurança!

Anamnese para hipnose
O que é Anamnese? [BÔNUS] 04 Dicas para aplica-la com segurança!
4.8 (95%) 28 votos

A anamnese é uma entrevista que o profissional da área de saúde ou de psicologia faz para saber um pouco mais a respeito do paciente. Ela é importante, porque não há como trabalhar certas áreas da pessoa sem conhecer alguns detalhes. Principalmente quando o foco do tratamento é justamente a vida dessa indivíduo. Como acontece na psicologia ou hipnose, por exemplo.

Para esta entrevista, o profissional deve saber quais informações precisarão ser colhidas. Desse modo, a depender do paciente, alguns itens deverão ser acrescentados, modificados ou retirados da sequência. De forma a alterar como ele irá abordar o sujeito de acordo com determinada situação.

Geralmente a anamnese é feita na primeira sessão clínica/médica ou terapêutica, e por ser apenas uma entrevista, alguns profissionais não cobram por ela.

Como outras entrevistas, ela também pode ser terceirizada, e em algumas clínicas, quem faz a entrevista é um(a) secretário(a) devidamente treinado. Por isso, não estranhe, caso isso aconteça. Nesse texto você vai perceber um pouco mais porque saber certas coisas é interessante para o tratamento clínico. Em que isso afeta o seu atendimento?

Entenda:

O que é a Anamnese em termos clínicos?

anamnese

A palavra anamnese tem sua origem na língua grega e significa remontar a memória. Para os profissionais que fazem uso dela, esse retorno funciona como uma volta ao passado sob orientação. Assim, tornando mais fácil detectar situações que ajudarão no curso do tratamento.

Após fazer esta volta ao passado, e com o objetivo da anamnese alcançado, é possível entender mais profundamente fatos que influenciaram a vida do paciente. Desse modo fica mais fácil montar uma ação terapêutica que seja capaz de atender às suas necessidades.

LEIA:  Amnésia Pós-Hipnótica: Os estudos sobre a memória têm mais um aliado?

Como ela é realizada?

A anamnese geralmente se dá através de uma conversa intermitente e interpessoal. Ela deve acontecer também de forma descontraída e informal, usando de palavras acessíveis e mais claras possíveis. Nesta conversa, o paciente irá relatar episódios da sua vida contando sua visão influenciada pelo senso crítico sobre o que aconteceu no passado.

No mais, é importante ter cuidado para que o profissional que assumiu a responsabilidade de entrevistador não deixe a sessão parecida com um interrogatório policial. Isso quebra as três vertentes principais em um atendimento, que são: respeito, neutralidade e solidariedade para com o paciente.

O que se deve transmitir para ele é interesse e não envolvimento emocional com a situação. O que, para profissionais mais experientes, pode ser um pouco difícil.  Por isso se torna extremamente importante que se tenha em mãos o esquema de tudo que será necessário perguntar para que haja a correta condução da conversa.

A Anamnese em Terapias Regressivas

A palavra “regressão” remete a diversos significados e interpretações. Porém, terapia de regressão nada mais é do que um retorno às lembranças do passado – tanto de um passado recente, como de questões muito antigas, da primeira infância, e até vivências uterinas – que podem estar gerando algum desconforto no presente.

No contexto geral o significado de regressão pode até se assemelhar muito ao de anamnese, uma vez que o paciente revisita memórias. Mas não é bem assim…

Não devemos esquecer que a regressão permite ao paciente em estado de transe reviver essas memórias de forma mais assertiva. Isso acontece porque nesse momento de regressão com hipnose a memória não foi “tratada” pelo subconsciente como acontece na anamnese.

Hipnotizados, com o acesso ao subconsciente potencializado, mais informações são trazidas à tona. Dentre elas, memórias sensoriais e emotivas. Dessa maneira, além da lembrança estar muito mais detalhada, o sujeito passa a ter a sensação de estar de volta à aquele ambiente

LEIA:  Por que fazer auto-hipnose e como ela te ajuda na carreira

A importância da Anamnese na Regressão

Com isso, você deve estar imaginando: Então não precisa fazer anamnese, já que o contato com a memória vai ser direto. Errado! A anamese é uma técnica FUNDAMENTAL para a regressão.

Acontece que quando o hipnoterapeuta começa a realizar o processo de regressão hipnótica ele nunca sabe para onde o paciente irá. Aquele momento destrutivo pode envolver pessoas da família, lugares, sentimentos, cheiros… Tudo o que o sujeito presenciou. Dessa forma, a anamnese serve para que o profissional não seja pego completamente de surpresa nesse momento.

Além disso, quando a anamnese é bem feita, a potencialidade de condução da situação pelo terapeuta aumenta muito. Uma vez que esse já sabe quais os sentimentos e sensações atreladas à memória real relatada na regressão.

[BÔNUS] 04 dicas sobre Anamnese: Como aplicar com qualidade e segurança

Existem vários modelos de anamnese, e por isso, você não precisa ficar preso a um só. A flexibilidade é muito extensa, e inclusive, você pode criar o seu próprio. Na internet existem muitos deles disponíveis que poderão te auxiliar.

No entanto, na hora em que você for criar a anamnese, deve lembrar-se de que para aplicá-la, será necessário manter alguns cuidados e cumprir algumas técnicas. Veja:

01 Rapport

É na anamnese que é instituído o rapport com o paciente. O rapport nada mais é do que a criação de um vínculo, de uma empatia. Se for o próprio profissional quem fizer a anamnese, já poderá criar o rapport instantaneamente. Essa empatia instantânea pode ser alcançada de várias formas, seja por espelhamento ou falando alguma coisa que o paciente gostaria de ouvir; enfim, o importante é criar este vínculo.

02 Ajudar a Diminuir os Medos

Com certeza você vai se deparar com situações complicadas com a hipnose. Muitas pessoas têm medo de que durante a sessão  ou transe. Elas acreditam que podem perder o controle, contar segredos, ou mesmo “não voltar”.

Nesse primeiro encontro, é importante explicar para o paciente que existem muitos mitos a respeito da hipnose. Alguns pacientes creem que terá uma batalha de mentes, onde uma mente (profissional) irá dominar a outra (paciente), o que não é verdade.

LEIA:  O Que é PNL e Como Podemos Usá-la para Melhorar Nossa Vida?

03 Autoridade

É necessário mostrar autoridade, mostrar que você sabe o que está fazendo. Isso significa que você tem que passar segurança para o paciente. Existem muitas formas de fazer isso. Você pode começar através de certificados expostos na parede, ou através da própria conversa, mostrando que você conhece bem o assunto.

04 Coletar Informações

Nesta coleta de informações, pergunte sobre tudo. Fobias, demandas, medos, sentimento positivos e negativos, pessoas do passado, pessoas atuais… Enfim tudo que possa contribuir na hora em que estiver tratando os problemas diretamente.

Estas perguntas e informações te ajudarão a evitar que fale algo que não deve, ou que tente tratar o problema do paciente de uma forma que não vá surtir efeito. Um bom exemplo, é quando o indivíduo tem medo de água e de repente em uma sessão, você pede para ele sentir como se estivesse mergulhando em águas profundas; assim, realmente não surtirá efeito e causará grande pânico nele.

Anamnese é muito mais do que uma simples entrevista. É muito mais do que somente coletar informações. Não é somente um formulário de verdadeiro ou falso. Anamnese é sim estabelecer vínculo, conhecer a pessoa mais a fundo, e se for preciso, até personalizar o tratamento para ele.

Esse conteúdo foi especialmente preparado por alguns de nossos maiores especialistas com o objetivo de sanar suas maiores dúvidas e listar alguns dos principais motivos pelos quais você deve perder o medo da Hipnose de uma vez por todas.

Sua opinião é essencial para nós!

Esperamos que esse conteúdo tenha sido útil para você, se sim, lembre-se de curtir, compartilhar com um amigo e deixar um comentário para que possamos te auxiliar cada vez melhor.

 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

PRÓXIMOS

dezembro 2018

15dez(dez 15)9:00 am16(dez 16)8:00 pmHipnose Clínica & Regressãoem Brasília9:00 am - 8:00 pm (16) Professor:Guilherme Alves

janeiro 2019

19jan(jan 19)9:00 am20(jan 20)8:00 pmHipnose Clínica & Regressãoem São Paulo9:00 am - 8:00 pm (20) Professor:Guilherme Alves

fevereiro 2019

08fev(fev 8)9:00 am10(fev 10)6:00 pmHipnose Não Verbal com Giancarlo Russoem São Paulo9:00 am - 6:00 pm (10)

últimos

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

ENTRE PARA NOSSA LISTA

e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Feito com por Let’sRocket

>

Pin It on Pinterest

X