JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Sintomas da Hipnose: 14 sinais que seu paciente está em transe

GuiAlves
Sintomas da Hipnose: 14 sinais que seu paciente está em transe
3 (59%) 20 votos

Alguma vez você já foi hipnotizar um paciente e ficou preocupado com ele não estar em transe?
Você não está sozinho. Este é um medo comum que os hipnotizadores de todos os níveis experimentam.

Nesse texto você vai conhecer um pouco mais sobre como identificar sintomas do transe. Dessa forma toda essa preocupação poderá ser controlada. Entenda:

Antes de entrar em pânico por não saber se o seu processo está realmente funcionando saiba que seus medos são muito distantes. Você tem duas coisas funcionando a seu favor, aprenda a usa-las par aumentar seu poder como hipnólogo

Preparando a experiência do transe

Todo mundo já experimentou um estado de transe em algum momento da vida, estando consciente disso ou não. Se você como o hipnotizador conseguir recordar que qualquer um com quem você já trabalhou esteve já em transe em algum ponto da vida, isso fará com que você permaneça muito mais confiante.

1 A familiaridade com o processo

Nessa parte, mais conhecida como rapport, busque fazer como que seu paciente se acostume com a ideia de que o transe é apenas uma concentração muito profunda. Mostre a ele que nós passamos por isso quando fazemos algo de forma automática.

Garanta que ele entenda que a mente subconsciente já entrou em transe inúmeras vezes no passado. E que o transe não é perigoso afinal não é um estado que a mente do seu paciente não esteja familiarizada.

2 A facilidade de identificar o transe

É fácil detectar uma pessoa em transe, se você souber o que procurar. Permita que o seu paciente também entenda sobre a técnica e o que vai acontecer com ele. Uma vez que você o deixa entendido que o transe é normal e faz com que compreenda como o seu corpo vai reagir não tem porque ele sentir medo.

Depois de ler esse texto você vai conseguir cumprir muito bem esse segundo fator. Afinal neste post, você não só terá apenas uma ou duas maneiras de saber quando seu paciente está em transe, mas sim 14!

Sinal de Transe 1:

Um sinal fácil para se detectar o transe é na mudança no padrão de respiração. Normalmente, este será um padrão mais lento de respiração. Mas, às vezes, mesmo quando a pessoa está relaxando, a respiração vai acelerar.

Então, quando você estiver procurando a mudança na respiração, o que você realmente deve estar ciente é:

“Eles estão respirando em uma taxa diferente em comparação com a forma como eles normalmente respiram?”

Se estiverem, eles estão em um estado alterado, porque a respiração está diretamente ligada ao estado de espírito das pessoas.

Dica de aplicação

Agora, em vez de você ficar encarando diretamente o peito das pessoas, para poder observar a respiração de alguém sem ter que deixar isso óbvio, use sua visão periférica. Use o seu senso expandido de consciência, e olhe pelo canto do seu olho. Pelo canto do olho você poderá agora ver os movimentos do peito de uma pessoa e determinar a taxa de respiração.

LEIA:  Frases de felicidade mais usadas para ser uma pessoa mais feliz

Mais um indicador é procurar pelos movimentos dos ombros da pessoa; conforme ela inspira e eleva a caixa torácica, seus ombros terão a tendência de se levantar também.

Sinal de Transe 2:

Outra coisa que você pode procurar é o pulso diminuído. Existem certos pontos no corpo onde os vasos sanguíneos realmente chegam muito perto da pele. E você pode realmente ver o pulso disparando. Um desses lugares é o lado do pescoço.

Em muitas pessoas, mas não necessariamente todas e não necessariamente todo o tempo, se você reparar na lateral do pescoço, você pode realmente acompanhar a veia pulsando regularmente. O que significa que você pode ver o pulso acelerando e diminuindo.

Agora, mesmo o pulso geralmente sendo mais lento em transe, às vezes o fato de que está acelerando também pode ser uma sugestão de que a pessoa está em um estado hipnótico.

Dica de aplicação

É extremamente importante que esse sinal seja analisado juntamente com a sugestão que você deu. A razão para isso tem a ver com:

“O que você está comunicando?”

Se você está comunicando coisas que tem a ver com excitação, ou perigo, bem, então é apropriado que o pulso acelere. Afinal eles estão respondendo à sua comunicação.

E eu espero que você entenda o que quero dizer com isso. Um outro lugar em que você pode acompanhar  o pulso é no tornozelo. Muitas vezes há uma veia que cruza o osso do tornozelo em si, particularmente fácil de detectar. Naturalmente, em cada pessoa, você pode encontrar outras áreas onde o pulso fica naturalmente mais óbvio.

Sinal de Transe 3:

Outro sinal de que as pessoas estão entrando em transe é que suas características faciais começam a suavizar, conforme os músculos faciais começam a relaxar.

Como regra, o rosto das pessoas tenderá a se tornar mais simétrico também. Se você olhar diretamente para o rosto de uma pessoa, notará que muitas vezes há uma espécie de dissimetria: O lado esquerdo e o lado direito do rosto muito raramente correspondem às pessoas.

Mas conforme elas entram em transe, os traços faciais tendem a suavizar e tornarem-se mais equilibrados.

Sinal de Transe 4:

Algo que você já deve ter notado se você já fez o exercício anteriormente, é que a atenção das pessoas é absorvida.

Por exemplo, os olhos ficam fixos em um ponto no espaço ou até brilham um pouco – assim, há a tendência de não haver nenhum movimento nos olhos.

Estes são todos bons sinais de que a atenção da outra pessoa foi fixada, o que significa que ela está começando a entrar em transe.

Sinal de Transe 5:

Outro sinal sutil é uma mudança no reflexo do piscar. Agora, que tipo de mudanças estamos procurando?

Tanto piscar mais rápido quanto piscar mais lentamente são um bom sinal. Na verdade, às vezes as pessoas param de piscar completamente.

Não deixe que isso te perturbe. É apenas um sinal de que suas pálpebras se tornaram o que chamamos de “cataléptico”. Em outras palavras, os músculos dos olhos congelam por um momento no tempo.

É um dos sinais de que a pessoa está respondendo à hipnose e entrando em um estado de transe.

Sinal de Transe 6:

Outro exemplo de um recurso de transe a procurar é uma mudança no mecanismo de deglutição.

Normalmente, quando alguém entra em transe, essa pessoa vai começar a engolir com mais frequência.

E depois de alguns minutos, seu reflexo de deglutição vai abrandar, e às vezes parar completamente.

Sinal de Transe 7:

Outros sinais de transe acontecendo são a imobilidade de movimento.

Quando as pessoas param de se mover, há uma tendência de estarem em transe.

Assim, se você encontrar alguém que no início faz muitos gestos com a mão, maneirismos e faz movimentos de cabeça, etc, e gradualmente esses movimentos abrandam, e depois param completamente, este é um sinal de que a pessoa entrou em um estado alterado da mente – e está respondendo a você hipnoticamente.

LEIA:  Saiba de uma Vez por Todas o Que é Hipnose e Como Funciona

Sinal de Transe 8:

Em nota ligeiramente semelhante, as pessoas terão contrações musculares involuntárias. Às vezes, quando alguém entra em transe, você vai notar uma pequena contração facial, ou talvez o ombro que começará a se contrair.

Estes são todos sinais de que elas estão relaxando, e que os músculos estão passando por uma espécie de processo catártico.

Sinal de Transe 9:

Um dos sinais mais sutis de que um paciente entrou em um estado de transe é uma mudança visível na cor da pele ou no tom de pele.

À medida que as pessoas entram em transe e relaxam mais, o sangue tende a fluir mais livremente, de modo que as pessoas normalmente fiquem um pouco mais coradas nas mãos e no rosto.

Às vezes ocorre o oposto e elas ficam um pouco mais pálidas, conforme o sangue se retira dessas áreas.

De qualquer maneira está tudo bem. É apenas uma resposta fisiológica, dizendo que a pessoa está entrando em transe.

Sinal de Transe 10:

Como regra, a voz das pessoas também vai mudar à medida que entram em transe.

Normalmente, a fala vai abrandar e a voz terá uma tonalidade ligeiramente diferente.

Sinal de Transe 11:

O próximo sinal de transe na lista é chamado de catalepsia de membro.

Catalepsia refere-se a um estado em que os membros de uma pessoa param de se mover e ficam rígidos. Por exemplo, quando um braço é levantado para uma altura logo abaixo do pescoço. Depois que o braço é levantado, ele permanecerá lá. Não irá cair ou voltar para baixo. Ele permanecerá na mesma posição até que você diga a pessoa para movê-lo ou você mesmo movê-lo.

A catalepsia dos membros também é chamada de “flexibilidade cerosa”. É possível que o hipnotizador mova o braço para outra posição, mas quando a catalepsia estiver presente, ele simplesmente permanecerá nessa posição até que seja movido ou até que a pessoa seja retirada da hipnose.

Como observar:

Quando um membro começa a se mover como se estivesse suspenso no ar, é um sinal de que o transe foi alcançado. A pessoa está ocupada demais focando o mundo subconsciente. Ela está muito dentro de sua cabeça para que saiba o que está acontecendo com o mundo externo. Mesmo que seja um dos seus próprios membros.

A catalepsia dos membros é um sinal de que sua atenção foi fixada internamente. Isso significa que eles estão entrando em transe ou já estão em estado de transe.

Sinal de Transe 12:

Outro bom sinal a se levar em conta é a dilatação pupilar.

Quando isso acontece, as pupilas dos olhos da pessoa ficam mais amplas. Normalmente, esta é uma boa indicação de que o foco da atenção do paciente mudou.

Em vez de se concentrarem no que está no ambiente ao redor deles, seus pensamentos estão se voltando para dentro. E uma das maneiras de ver isso é através da amplitude das pupilas. É como se estivessem desfocando a visão. Mesmo que os olhos estejam abertos, eles não estão realmente olhando para alguma coisa.

Esta é uma ótima maneira de detectar que os pacientes estão mudando a energia de sua mente consciente para sua mente inconsciente. Em outras palavras, eles já estão no caminho para um estado de transe.

Depois de ver isso acontecer, você sabe que o que você está fazendo em termos de hipnose está funcionando.

Sinal de Transe 13:

Outro sinal de que alguém está entrando em transe é a fadiga ou fechamento ocular.

Os olhos das pessoas naturalmente podem ficar cansados quando elas estão se concentrando em um ponto na parede. Isso também pode acontecer como resultado de suas sugestões. Quando você lhes diz que seus olhos estão ficando cansados, ou que eles estão achando cada vez mais difícil manter as pálpebras abertas.

LEIA:  [TUDO SOBRE] Impotência Sexual: Quais as causas e como evitar?

Quando os olhos do seu paciente parcialmente se fecham ou fecham totalmente, isso é um sinal de que eles estão entrando em um transe hipnótico. É também um bom indicador de que a atenção deles está se dissipando. Ela a partir de agora passa do mundo exterior e vai em direção ao mundo interior, ou a mente subconsciente.

Dica de aplicação

Normalmente, você pode influenciar a fadiga ocular simplesmente dizendo a alguém que suas pálpebras estão ficando pesadas e querem se fechar. Tradicionalmente as pessoas experimentam a hipnose com os olhos fechados de qualquer maneira, porque isso ajuda a fechar o mundo exterior mais rapidamente e torna mais fácil para elas se concentrarem nas palavras e sugestões do hipnotizador.

Sinal de Transe 14:

O sinal de transe final e mais importante é um aumento nas respostas passivas. Este sinal de transe é o mais importante de todos eles, já que é o mais revelador de uma pessoa em transe.

Como regra, conforme as pessoas entram em transe, tornam-se menos argumentativos e mais agradáveis. O que as torna mais dispostas a seguir às suas sugestões.

Uma maneira relativamente “confiável” de detectar isso é que elas ficam felizes em aceitar suas sugestões. Isso significa que o fator crítico foi ignorado. Uma boa forma de se observar isso é se a pessoa começar a rir depois que aceitar a sugestão. Muitos hipnoterapeutas ficam nervosos nessa hora mas na verdade significa que está funcionando!

Na prática…

Por exemplo, se uma pessoa entra na sua sala ligeiramente resguardada ou argumentativa (com você ou com os outros) – e então muda para um comportamento mais relaxado e fica mais disposta a seguir sua liderança, este é um bom sinal de que ela entrou em um estado hipnótico.

Então, agora que você sabe esses 14 sinais de transe é hora aplicar a hipnose e identificar tantos sinais quanto você puder, enquanto trabalha com seus pacientes. Ou apenas começar observando as pessoas em situações cotidianas.

Porque uma coisa pode surpreendê-lo: As pessoas entram em transe o tempo todo. Assim, quanto mais você puder detectar esses sinais, menos trabalho você terá que fazer. Porque você poderá essencialmente pegar “emprestado” os transes das pessoas para tornar seu trabalho muito mais fácil.

Agora você tem 14 sinais para procurar como prova de que seu paciente está em transe, isso é ótimo. A partir daqui a próxima parte do enigma da hipnose entra em jogo:

Quando uma pessoa está em transe, você é mais capaz de contornar o fator crítico. Então você será capaz de alcançar a parte da mente deles que estará muito mais disposta a aceitar suas sugestões e fazer mudanças positivas acontecerem.

Porque com a hipnose, as palavras são massivamente importantes.

A potencialidade do processo

Ao saber quais palavras escolher enquanto você está com seu paciente em transe, você poderá melhorar expressivamente a vida dos outros. Levar as pessoas a ouvir pensamentos e ideias que foram previamente combinados entre vocês.

Isso pode fazer com que ela fortaleça seus relacionamentos com as pessoas em sua vida que são mais importantes.

É por isso que a linguagem hipnótica é tão poderosa. Além disso, é uma habilidade que quase qualquer um pode obter rápido e facilmente.

Tudo que você precisa é de fazer um curso de hipnose. Escolha na nossa agenda e inscreva-se no curso mais próximo de sua região.

Se inscreva na nossa lista VIP de e-mails para receber as novidades do blog em primeira mão!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

PRÓXIMOS

dezembro 2018

15dez(dez 15)9:00 am16(dez 16)8:00 pmHipnose Clínica & Regressãoem Brasília9:00 am - 8:00 pm (16) Professor:Guilherme Alves

janeiro 2019

19jan(jan 19)9:00 am20(jan 20)8:00 pmHipnose Clínica & Regressãoem São Paulo9:00 am - 8:00 pm (20) Professor:Guilherme Alves

fevereiro 2019

08fev(fev 8)9:00 am10(fev 10)6:00 pmHipnose Não Verbal com Giancarlo Russoem São Paulo9:00 am - 6:00 pm (10)

últimos

JUNTE-SE A MAIS DE 50.000 PESSOAS

ENTRE PARA NOSSA LISTA

e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Feito com por Let’sRocket

>

Pin It on Pinterest

X